Praia de Ponta Negra: Rio grande do Norte – Saiba mais

Fotos da praia da Ponta Negra esta no final do artigo 

Natal é um destino popular para quem quer curtir suas férias e relaxar em um lugar lindo. A capital de Portigua é conhecida por suas vistas únicas para as praias, oferece atrações para todas as idades e reúne atrações com muitas histórias.

Quem visita Natal não vai perder um dos melhores lugares por lá: a Praia de Ponta Negra. Quer saber o que ela tem de especial? Então dê uma olhada nestes cinco motivos pelos quais você mal pode esperar para fazer as malas e desfrutar deste paraíso.

A Praia de Ponta Negra não foge aos padrões de beleza da Praia de Natal. Porém, seu grande diferencial está na presença da duna mais popular da região: o Morro do Careca. Com mais de cem metros de altura e uma longa faixa de areia no meio da vegetação, é um dos cartões-postais de Natal.

Embora a entrada seja proibida por motivos de proteção ambiental, o Morro do Careca continua atraindo muitos turistas, pelo menos para tirar fotos.

A Praia de Ponta Negra está localizada no bairro de mesmo nome em Natal, capital do Rio Grande do Norte. O Morro do Careca (uma duna com cerca de 107 metros de extensão) está localizado nesta bela e famosa praia e é o principal cartão postal turístico e principal cartão postal do estado.

Sem dúvida que esta praia é uma óptima opção para quem procura um agradável passeio repleto de belas paisagens. Para quem deseja conhecer a cidade de Natal, seja uma viagem longa ou curta, conhecer Ponta Negra é imperdível para desfrutar de uma das praias mais bonitas e movimentadas do estado.

Além de todas as belas paisagens, são inúmeras as opções de viagens e alimentação neste local, que é um belo cartão postal do país.

História do bairro e praia de ponta negra

Segundo informações da Prefeitura de Natal, o desenvolvimento e ocupação da famosa Vila de Ponta Negra teve início na década de 1940. Em 2000, foi implantado um projeto denominado Orla de Ponta Negra, que promoveu o processo de urbanização e construiu um calçadão de 3 km de extensão. As tradicionais barracas de praia foram substituídas por quiosques de fibra de vidro, todas essas informações estão de acordo com o manual elaborado pela prefeitura de Natal em 2006, que visa aumentar o conhecimento dos moradores sobre suas comunidades e disponibilizar o acesso à Internet.

A urbanização trouxe muitos benefícios para a comunidade e afetou positivamente a beleza local. Calçadões e vilas ficaram mais coloridos, e o fluxo de turistas de outros estados e até de países aumentou muito. A vila, que no início era apenas residencial, tornou-se muito lotada e com numerosos locais comerciais.

O que fazer em Ponta Negra?

O passeio Jangalancha gira em torno do Morro do Careca, zona militar com acesso restrito à terra, e levamos os passageiros até a Praia das Tartarugas, onde o projeto TAMAR protege os ninhos das tartarugas marinhas. Um pequeno paraíso ao fundo do nosso cartão postal, com formações de mata atlântica, falésias, dunas de cactos pantanosos, onde paramos para um banho, em águas rasas e límpidas.

No caminho de volta, procuramos golfinhos e tartarugas com grandes oportunidades de adicionar brilho a esta viagem ecológica, histórica e paisagística!

Quem gosta de viajar sabe que a melhor maneira é aproveitar ao máximo essa viagem, por isso é importante planejar toda a programação da viagem, considerando sempre a quantidade de dias que você vai ficar no local. A cidade de Natal é linda e rica em paisagens, opções gastronômicas e turísticas, além de ser uma parte importante da história do Brasil.

Natal possui muitos restaurantes, bares, lojas, quiosques e pontos turísticos para visitar, por isso você deve ter as melhores informações e escolher a que mais se adequa ao seu gosto. Visite Natal e Ponta Negra para desfrutar e vivenciar o melhor da cultura Portigua.

Praia de Ponte Negra quando ir?

É sempre bom lembrar que Natal é considerada a cidade mais ensolarada do Brasil. Para quem planeja passar férias na praia, nada melhor do que isso, certo?

Em média 300 dias por ano, o Astro Rei se apresenta e organiza festas para quem quer curtir o mar e se bronzear na capital do estado. Portanto, é correto dizer que Natal pode ser visitada o ano todo! Mesmo no inverno, quando a temperatura média é de 25 graus e é a “estação das chuvas”, a cidade raramente chove. E, claro, o verão é a alta temporada, então tudo fica mais caro e lotado é melhor reservar hospedagem com antecedência entre o final de novembro e o carnaval.

Mas por que é no final de novembro? Porque um dos maiores carnavais fora de época do Brasil: o Carnaval. Popular na capital gaúcha durante o final do ano, a decoração natalina também atrai turistas de todos os cantos.

Veja mais praias

Praia das Calhetas PE

Praia do Carneiro PE

Praia da Pipa RN

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *